Inflação do aluguel encerra o ano em 23,14% e tem a maior alta desde 2002

Conhecido por reajustar o valor do aluguel, o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) encerrou 2020 com a alta de 23,14%, segundo divulgou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira (29).

Foi o maior avanço do IGP-M desde 2002, quando o índice acumulou alta de 25,31%.

Ao longo deste ano, o IGP-M foi pressionado pela desvalorização do real em relação ao dólar e pelo avanço dos preços das commodities. Entre os três componentes do índice, a maior pressão de 2020 foi observada no índice de preço ao produtor.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), com peso de 60% no IGP-M, registrou avanço de 31,63% em 2020. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), com peso de 30% no IGP-M, subiu 4,81%;

O Índice de Nacional de Custo da Construção (INCC), com peso de 10% no IGP-M, teve alta de 8,66%.

C78CFA3A 6E19 4563 A686 B8D7E4A7DA64 Inflação do aluguel encerra o ano em 23,14% e tem a maior alta desde 2002

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias

Lula está com depressão

Lula está “deprê”. Quem disse isso foi um de seus melhores amigos, segundo Monica Bergamo. Mais ainda: “Lula está deprimido, chateado e muito preocupado”. E

Leia Mais