Imagens mostram ação violenta da polícia para dispersar manifestantes em protestos

Na noite desta sexta-feira, dia de greve e protestos contra as reformas trabalhistas e previdenciárias, o Rio de Janeiro foi cenário de uma guerra que atingiu bens patrimoniais – oito ônibus foram incendiados e lojas depredadas – e colocou em risco a vida de muitos cariocas.

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram que a ação da polícia não se voltou só para atos de vandalismo: bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo, balas de borracha e truculência atingiram a esmo grupos que tentavam se reunir apenas para protestar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Na Funasa

Políticos maranhenses sustentam o presidente interino da Funasa: o ex-senador João Alberto e o deputado João Marcelo, ambos do MDB. No Rio Grande do Norte

Leia Mais