Ignácio de Loyola Brandão é novo imortal da Academia Brasileira de Letras

O escritor Ignácio de Loyola Brandão foi eleito nesta quinta-feira, por unanimidade, para a cadeira 11 da Academia Brasileira de Letras, vaga após a morte do jurista e sociólogo Hélio Jaguaribe, em setembro do ano passado. O contista, romancista e jornalista paulista recebeu todos os 31 votos.

Os demais concorrentes foram Eloi Angelos Ghio D’Aracosia, Placidino Guerrieri Brigagão, José Roberto Guedes de Oliveira, Remilson Soares Candeia, José Itamar Abreu Costa, Marilena Barreiros Salazar, Raquel Naveira, Felisbelo da Silva, Sérgio Caldeira de Araújo, Rodrigo Cabrera Gonzales e Lucas Menezes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

Categorias