IFRN economizou R$ 85 mil com utilização da energia solar

celulaifrnO Instituto Federal do Rio Grande do Norte divulgou nesta quinta-feira (29) que economizou, em 2014, R$ 85.860,00 em contas de energia elétrica. A economia foi resultado da produção de três microgeradores fotovoltaicos instalados na Reitoria e nos campi São Paulo do Potengi e Ceará-Mirim, responsáveis pela geração de 340.532 kWh no ano. Além disso, evitaram a emissão de 30,3 toneladas de gás carbônico, já que o produto dos microgeradores é uma energia limpa.

O IFRN foi a primeira instituição pública do Rio Grande do Norte a aderir ao sistema de compensação de energia através da produção de fontes alternativas, o que foi regulamentado pela Resolução Normativa 482, de 17 de abril de 2012, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Formadas por placas solares, as usinas fotovoltaicas transformam a energia do sol em elétrica e, interligadas diretamente à Companhia de Energia Elétrica do Rio Grande do Norte (Cosern), geram descontos proporcionais na conta de luz.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
Categorias