Iberê vai construir casas populares para famílias de pequenos agricultores‏

O governador Iberê Ferreira anunciou que pretende, no futuro governo, trabalhar de forma integrada e planejada com os produtores rurais, por intermédio de suas entidades representativas. Zoneamento da produção, expansão do programa de convivência com o semi-árido, integração das áreas da agricultura e meio ambiente, estímulo à produção e investimentos em infraestrutura, principalmente na habitação rural, estradas, ferrovias, portos e aeroportos, além de qualificação profissional, foram algumas das prioridades divulgadas pelo candidato à reeleição.

As metas foram anunciadas por Iberê nesta segunda-feira (23), ao participar da sabatina com os principais candidatos ao governo do Estado, promovida pela Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), com o apoio da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e Instituto CNA.

“Vamos construir nos próximos quatro anos 50 mil casas populares. Quero priorizar as famílias de pequenos agricultores que precisam de uma moradia digna para abrigar seus filhos”, disse o governador.

O presidente da Faern, José Álvares Vieira, entregou aos três candidatos ao governo o documento “O que esperamos do próximo governo do RN”. Na sabatina, os candidatos foram convidados a apresentar propostas e metas para o setor rural em sete áreas diferentes: política agrícola, meio ambiente, infraestrutura e logística, assistência técnica, responsabilidade social, insegurança jurídica e segurança alimentar.

“Nos últimos oito anos, os governos do PSB e do presidente Lula realizaram uma verdadeira revolução na melhoria da qualidade de vida dos que moram na zona rural do Estado. Os programas Luz para Todos, Compra Direta, Programa do Leite, Assentamento Rural, Desenvolvimento Solidário, o Programa de Adutoras, que já beneficiou mais de 300 comunidades, são apenas alguns exemplos do nosso trabalho que vai ser ampliado nos próximos quatro anos”, declarou Iberê após o encontro.

Prioridades

O governador defendeu a discussão e elaboração de uma política ambiental adequada à realidade do Rio Grande do Norte com a formação de um comitê representativo a ser formado no próximo ano.

Iberê Ferreira destacou ainda prioridades como a recuperação de matas ciliares e áreas em processo de desertificação, implantação dos comitês de todas as bacias hidrográficas, conclusão do geo-referenciamento de todas as propriedades rurais do Estado e a instalação de câmaras setoriais e a continuação dos investimentos na regularização fundiária.

3 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Categorias

O êxodo petista

Reportagem na revista IstoÉ destaca que a a direção nacional do PT não consegue conter a debandada de líderes e militantes. Mais de 300 filiados,

Leia Mais