Henrique promete anteprojeto de reforma política em 90 dias

henrique joisas

Os parlamentares vão começar agora a elaborar o projeto de decreto legislativo (PDL) que definirá os pontos da consulta pública sobre a reforma política. Com a mensagem do Executivo em mãos, deputados e senadores terão que definir se os cinco pontos sugeridos pela presidenta Dilma Rousseff serão mantidos ou ampliados e ainda se a forma de consulta será por plebiscito, como quer o governo, ou referendo, como defende a oposição.

Mesmo com as sugestões apresentadas pelo Executivo para o plebiscito, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), disse que criará um grupo de trabalho para elaborar, em 90 dias, um anteprojeto de reforma política. Pelas regras legislativas, a proposta precisa ser formulada primeiro por um deputado federal e tramitar na Câmara, antes de seguir para a avaliação dos senadores.

“Por precaução ou por prevenção, vou fazer uma proposta para formação de um grupo – que em um prazo improrrogável de 90 dias, ouvindo toda a sociedade, todos os movimentos que queiram participar – vai fazer um projeto de reforma que esta Casa tem o dever de fazer”, completou.

2 respostas

  1. Não precisamos de reforma política. Precisamos reformar as atitudes dos nossos políticos. O parlamento é a casa dos representantes do povo. Não é um espaço para se tratar dos interesses dos partidos políticos e de seus membros.

  2. Muito bem, Zé de Comadre Chiquinha.

    A propósito, Zé, o deputado Henrique Eduardo outro dia (antes de ser eleito Presidente da Câmara) circulou pelos Ministérios com um cidadão que tinha um projeto de cinco bilhões de reais pra ser aprovado.

    O deputado disse tratar-se de um amigo. Nada mais justo que procurar ajudar um amigo, né, Zé?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Categorias

A indicação foi de Fátima

A indicação do chefe do IBAMA Armênio Medeiros da Costa na cidade de Mossoró foi da senadora petista Fátima Bezerra. Ele foi afastado do cargo

Leia Mais