Henrique Alves se recusa a comentar aumento da cota parlamentar

Henrique

Integrantes da cúpula da Câmara estabeleceram nesta quarta-feira, 18, um reajuste de 7,76% no valor da cota parlamentar dos deputados, que entrará em vigor a partir de janeiro de 2014. O impacto estimado aos cofres da Casa com o reajuste é de 16 milhões no próximo ano, aproximadamente R$ 1,3 milhão por mês. O aumento da cota é o segundo concebido pelos integrantes da cúpula da Câmara neste ano e ocorreu na última reunião prevista para 2013. O primeiro reajuste ocorreu logo após o deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) assumir o comando da Casa, em março.

Após a reunião de hoje, Alves não quis comentar o reajuste. Os integrantes da Mesa, no entanto, utilizaram a elevação do custo das passagens aéreas ocorrida no início do ano como justificativa para o aumento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias

O drible de Cármen Lúcia

O colunista Bernardo Mello Franco, da cota petista de O Globo, analisou o comportamento de Cármen Lúcia. Leia aqui: “Cármen Lúcia aplicou um drible nos

Leia Mais