Guamaré (RN): uma prefeitura que nada em dinheiro

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) conseguiu, na 2ª Vara da Comarca de Macau (RN), a condenação de Emilson de Borba pelo envolvimento no esquema de desvio de dinheiro público através de fraudes em licitações na Câmara Municipal de Guamaré (RN).

Já o ex-prefeito e novamente candidato a prefeito Hélio de Mundinho foi afastado do cargo. Assumiu a vaga o atual prefeito Adriano Diógenes. A oposição diz que por exigência de Hélio ele desistiu de disputar à reeleição. Fazia uma boa gestão, comentam na cidade. Mais afrouxou. Prefeitura que nada em dinheiro é assim. Todo mundo quer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias