Greve dos caminhoneiros fracassou por uso político, diz ministro de Bolsonaro

CDG20180526039 Greve dos caminhoneiros fracassou por uso político, diz ministro de Bolsonaro

Principal articulador do governo com os caminhoneiros, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, disse que a convocação de greve para esta segunda-feira (1º) fracassou, mas deixou lições. Na avaliação do ministro, os caminhoneiros mostraram que estão ganhando maior consciência da realidade do mercado e que a tentativa de uso político do movimento acabou culminando com a baixa adesão.

“Eles sentiram o cheiro de uso político e isso foi decisivo para o afastamento dos caminhoneiros da greve”, afirmou o ministro em entrevista à coluna de Carla Araújo, do UOL. “A primeira lição que tivemos hoje é que o caminhoneiro não se deixa enganar e sabe que não é qualquer liderança que o representa”.

Tarcísio afirmou que desde o início do governo mantém diálogo com a categoria e que, mesmo descentralizados, o caminhoneiro está buscando uma profissionalização, por meio de associações e cooperativas.

“Existe uma dificuldade de representação orgânica, mas hoje ficou provado que não é qualquer um que se auto intitula líder dos caminhoneiros. Houve um chamamento de greve por parte de pessoas que não tinham liderança”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

O teste da cachaça

Monique Cheker, procuradora da República em Petrópolis, pergunta se vão fazer teste de alcoolemia no IML, para onde Lula está sendo levado. “Diante de alguns

Leia Mais

Os fundos do PT e do PMDB

A Rizoma desmascara o acordo entre PT e PMDB para repartir os fundos de pensão. Além de Marcelo Sereno, a Lava Jato prendeu também outro

Leia Mais

Rosalbismo em alta

Depois do fracasso no Governo do Estado, a gestão da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), era uma incógnita. No entanto, ela surpreendeu. Com oito

Leia Mais