Gravações revelam favores e aproximação com PMDB

A revista Veja apurou que novos trechos de conversas gravadas pela Polícia Federal durante a Operação Monte Carlo, que investigou um esquema de exploração ilegal de jogos com sede em Goiás e negócios em Brasília e outros estados da federação, dão mostras da intimidade entre o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) e o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, acusado de ser o chefe da quadrilha.

Numa das conversas gravadas, Cachoeira fala com a mulher de Demóstenes, Flávia, que comemora a obtenção de sua carteira da Ordem dos Advogados do Brasil e trata com o contraventor da possibilidade de o senador se transferir para o PMDB. Cachoeira se mostra favorável à mudança de partido – e também confiante de que um dia seu amigo Demóstenes possa se tornar ministro da Suprema Corte.

CLIQUE AQUI para ler a matéria completa

Uma resposta

  1. Toda essa sujeira somente está vindo à tona graças ao Governo do Dr. Luiz Inácio. E as redes sociais, principlamente.

    Antes, a grande imprensa, o PIG, no dizer de Paulo Henrique Amorim, detinha o monópolio da informação e o povo só sabia que o PIG queRIA.

    – Exemplo: O Filho da repórter da Globo, com o então candidato à Presidência Fernando Henrique Cardoso. O povo só veio tomar conhecimento do fato depois que o Senhor Fernando Henrique já tinha sido duas vezes Presidente e passado a faixa para Lula.

    – Já no caso do ex-metalúrgico, estamparam no progarma do Collor, a filha Lurian..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

novembro 2021
DSTQQSS
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930 
Categorias