Governo vai assinar acordo com professores federais e enviar projeto de lei ao Congresso

O governo federal anunciou hoje que a Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior (Proifes) aceitou assinar o Termo de Acordo assegurando reajuste aos professores federais. O Proifes informou ao governo que na consulta feita às suas bases, a maioria dos professores de 43 universidades e institutos federais decidiram que o acordo deve ser assinado.

O comunicado foi feito agora à noite pelo secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, após reunião com as três entidades que representam os docentes do Magistério Superior e do Ensino Básico, Técnico, e Tecnológico (EBTT).

São elas, além do Proifes, o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino – Andes, e o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica e Tecnológica – Sinasefe. Também participou da reunião o secretário de Ensino Superior do Ministério da Educação – MEC, Amaro Lins.

Essas duas últimas entidades – Andes e Sinasefe – informaram ao governo que a proposta não foi aprovada pelas assembleias realizadas nos últimos dias. O secretário Mendonça, no entanto, garantiu que esse é o acordo possível e que o governo não apresentará uma nova contraproposta.

“O acordo está aberto para que Andes e Sinasefe assinem a qualquer momento”, disse o secretário Mendonça. “Vamos assinar com o Proifes e enviar até o dia 31 um projeto de lei ao Congresso Nacional”, informou, acrescentando que pretende iniciar na próxima semana as negociações com os servidores técnicos administrativos, representados pelo Sinasefe e pela Fasubra, a Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores nas Universidades Brasileiras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

Categorias

Prefeito de São Rafael reassume o cargo

Muito provavelmente o prefeito afastado de São Rafael (RN) Reno Marinho deverá reassumir o cargo brevemente. O desembargador Expedito Ferreira, presidente do Tribunal de Justiça concedeu liminar para que

Leia Mais