Governo suspende pagamento de empréstimos para fazer “caixa” e manter salários

Com dívidas junto a união que já ultrapassam os R$ 83 milhões, o Estado do Rio Grande do Norte suspendeu o pagamento de cinco empréstimos contratados com diferentes bancos até o final do ano. A União, por ser parte garantidora, se comprometeu com o pagamento das parcelas. No entanto, caso o Governo do RN não honre os débitos, terá acumulado uma dívida de quase R$ 300 milhões, podendo ficar de fora dos repasses do Fundo de Participação Estadual (FPE).

O secretário de Planejamento, Aldemir Freire, explica que a prioridade do governo é o pagamento dos funcionários. Ele comenta que a suspensão dos pagamentos foi uma escolha do Estado diante da previsão de redução de receitas no período entre julho e outubro, além da falta de recursos extras.

TN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias