Governo quer eliminar a liquidação extrajudicial de empresas no Brasil

A indústria da liquidação extrajudicial de empresas no Brasil formou um clube de amigos que, agora, a União tenta moralizar. A escolha dos profissionais chamados de liquidantes sempre envolveu critérios frouxos e propostas por vezes sedutoras.

Além dos honorários mensais de até R$ 26,7 mil, quem toca processos fora da cidade onde vive recebe diárias para gastos com alimentação, transporte e moradia. Em tese, tudo deveria sair dos cofres da massa liquidanda. Mas, dificilmente, as empresas em dissolução têm condições de arcar com esses compromissos, e os pagamentos acabam sendo feitos com dinheiro público, por tempo indeterminado e sem garantia de retorno.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

setembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias

O Partido dos Burros

O Partido dos Burros, na região do Curdistão (Iraque), inaugurou uma estátua de bronze do seu “mascote” na luta por espaço no cenário político iraquiano

Leia Mais