Governo promete liberar bancada em votação sobre aborto na Câmara dos Deputados, diz colunista

O governo federal prometeu liberar a base aliada na votação do projeto de lei que equipara o aborto acima das 22 semanas ao crime de homicídio, prevista para acontecer nesta semana na Câmara dos Deputados. A informação é da coluna de Igor Gadelha, do portal Metrópoles.

Segundo o colunista, a promessa foi feita pelo líder do governo na Casa, José Guimarães (PT-CE), ao deputado Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), 2º vice-presidente da Câmara e autor da proposta que irá à votação.

Sóstenes disse à publicação que Guimarães avisou que “o governo libera e não vai se meter” na votação e que caberá a Lula decidir se veta ou sanciona o tema, caso o projeto seja aprovado.

“Aí ele (Lula) vai provar se ele é ou não contra o aborto. Fez carinho aos evangélicos dizendo ser contra, agora veremos”, afirmou Sóstenes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias