Governo lança edital de licitação do Estádio Das Dunas

O Governo do Estado lançou nesta segunda-feira (20) o edital de licitação no modelo de Parceria Público-Privada (PPP) para a contratação do projeto básico de construção do Estádio das Dunas (Novo Machadão) – visando a realização da Copa do Mundo de Futebol, na capital potiguar, no ano de 2014. A apresentação do modelo do edital coube ao secretário Extraordinário para Assuntos Relativos à Copa do Mundo de 2014, Fernando Fernandes.

“Sem dúvida nenhuma, esse é um evento que vai marcar a história de Natal e do Rio Grande do Norte. Hoje, estamos dando mais um importante passo para consolidar a nossa participação na Copa do Mundo. Nós temos absoluta consciência do valor dessa conquista e do legado que ela vai deixar para o Estado”, observou o governador Iberê Ferreira.

Duas importantes decisões foram determinantes para o lançamento do edital, a aprovação da última adequação necessária à construção do novo estádio pelo Comitê Local da Federação Internacional de Futebol (FIFA), no dia 10 deste mês, e a aprovação do Fundo Garantidor da Copa, pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, no último dia 8.

Para garantir a participação de Natal como sede dos jogos, o Rio Grande do Norte já assegurou, junto ao Governo Federal, recursos de R$ 400 milhões para obras de mobilidade urbana, está realizando as obras de prolongamento da avenida Prudente de Morais, a ampliação do porto de Natal com terminal de passageiros e acessibilidade marítima, num investimento de R$ 54 milhões, e avançou nas obras do aeroporto de São Gonçalo do Amarante para as pistas de pouso e decolagem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Categorias

Foi sacanagem de Vivaldo Costa

O que se comenta: – Que o deputado estadual Vivaldo Costa entrou em depressão depois do rompimento político com o seu afilhado e pré-candidato a

Leia Mais