Vice-governador discute instalação de aterro no Seridó em reunião com Vivaldo e Bibi Costa

O secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Robinson Faria, participou de reunião nesta quarta-feira (26), para discutir a implantação de aterro sanitário na Região do Seridó. Participaram do encontro realizado na sede da Semarh o prefeito de Caicó, Bibi Costa, que é presidente do Consórcio Público do Seridó, o deputado Vivaldo Costa, o ex-prefeito de São José do Seridó, Bosco Costa, além do secretário adjunto, Jader Torres, e a assessora técnica da Semarh, Jeni Moraes.

O projeto da secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos está na fase de desenvolvimento de estudos para institucionalização dos aterros sanitários que serão geridos por meio de consórcios públicos em sete regiões do estado. Na fase inicial serão beneficiadas três regiões: o Alto Oeste (44 cidades), o Vale do Assú (25 cidades) e o Seridó (25 cidades).

Os representantes do Seridó receberam o compromisso do secretário Robinson Faria de buscar recursos junto ao governo federal para a construção dos aterros sanitários. Para construir o aterro sanitário do Seridó são necessários R$ 7,5 milhões. A partir da construção, os consórcios formados pelo Governo do Estado e os municípios beneficiados serão os responsáveis pela gestão. Cabe ao governo o suporte técnico, já que as prefeituras não dispõem de quadro profissional para atender a demanda.

“Atualmente os lixões comprometem o meio ambiente e, principalmente, os recursos hídricos do estado em virtude da contaminação do solo. O governo do estado é o agente capaz de promover essa integração regional e levar o benefício à população. Trata-se ainda de uma questão de saúde pública”, declarou Robinson Faria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

janeiro 2023
DSTQQSS
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031 
Categorias