Governo de Pernambuco promete indenizar feridos pela PM em ato contra Bolsonaro

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), determinou que a Secretaria de Direitos Humanos do estado faça o acompanhamento da assistência de saúde que está sendo prestada a dois homens que foram feridos pela Polícia Militar, no sábado (29), durante protestos realizados contra o governo federal, em Recife. As informações são da Agência Brasil. Uma das vítimas, o autônomo Daniel Campelo, 51, perdeu a visão de um olho após ser atingido por um tiro de bala de borracha disparado por um PM.

Segundo Câmara, o processo de indenização das vítimas também será iniciado pela Procuradoria do Estado. Jonas Correia de França e Daniel Campelo da Silva foram atingidos nos olhos por tiros de bala de borracha disparados por policiais que faziam uma operação de dispersão do público. Eles estão internados no Hospital da Restauração, na capital.

No sábado, o comandante da operação foi afastado das funções, além dos policiais que jogaram spray de pimenta no rosto da vereadora Liana Cirne (PT), que também participava do ato. A Corregedoria da Secretaria de Defesa Social já iniciou o procedimento de tomada de depoimentos dos envolvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias

Caixa prego

Quando os grupos políticos que apoiam as candidaturas de Robinson Faria e Carlos Eduardo Alves ao governo do Estado do Rio Grande do Norte ‘apertarem’

Leia Mais

No limite

Nunca uma gestão na prefeitura de Caicó passou 50 dias sem pagar os salários dos servidores municipais. Chegamos a esse ponto.

Leia Mais