Governo Cidadão já investiu mais de R$ 3 milhões no combate à Covid-19

thumbnail Mobília 02 Governo Cidadão já investiu mais de R$ 3 milhões no combate à Covid-19

Para somar esforços com o Governo do RN no combate à pandemia do novo coronavírus, o Projeto de Desenvolvimento Sustentável do RN – Governo Cidadão – já investiu R$ cerca de R$ 3,2 milhões em equipamentos hospitalares. Foram feitas diversas tratativas junto ao Banco Mundial, buscando medidas para o enfrentamento da pandemia no Estado, por meio de contratações emergenciais para aquisição de aparelhos médicos e de mobiliário, até à celebração de termos de compromissos com as empresas executoras para adotarem normas de prevenção nos canteiros de obras.

Para atender aos pacientes da Covid-19 nas unidades de Saúde do RN, o Governo Cidadão adquiriu mobiliário através da modalidade de Compra Direta à empresa potiguar Móveis JB Indústria e Comércio, que começou a entregar os 1.170 móveis na semana passada.  O processo tramitou em regime de urgência e a empresa se comprometeu a entregar todos os itens no prazo de 15 dias. O valor do contrato foi de R$ 1.073.275,00.

Também estão sendo comprados 483 aparelhos hospitalares para as unidades de Saúde. Foram contratadas três indústrias especializadas em aparelhagem hospitalar, com o investimento de R$ 2,1 milhões. Estão sendo adquiridos itens essenciais, como reanimadores, monitores cardíacos e multiparamétricos, aparelho de raio-x móvel, condicionadores de ar, camas elétricas, cadeiras de rodas e de banho, entre outros. A primeira das três companhias contratadas já começa a entregar os equipamentos nesta semana.

TERMO REGULAMENTA OBRAS

As obras ligadas ao Governo Cidadão chegaram a ser suspensas preventivamente em 23 de março, como precaução para impedir a disseminação do novo coronavírus. Dias depois, diante de questionamentos das empresas executoras e da disposição – por parte das construtoras – de tomar medidas de segurança nos canteiros de construções, o secretário Fernando Mineiro instituiu um termo de compromisso para aquelas que pretendiam manter o trabalho durante a pandemia.

No documento, firmado através da Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan RN), as empresas assumem a responsabilidade de adotar todas as medidas necessárias à manutenção da integridade da saúde dos seus colaboradores e de terceiros que possam ser envolvidos, sem a necessidade de suspensão temporária dos contratos. As medidas de prevenção deverão perdurar até o fim da situação de calamidade pública decretada pela governadora Fátima Bezerra (Decreto n°29.534) em 19 de março de 2020.

Outra iniciativa tomada contra a Covid-19 foi a prorrogação dos prazos de todos os convênios vencidos, firmados junto ao Projeto, por meio das secretarias de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas) e de Agricultura e Pesca (Sape).  O ato foi publicado no Diário Oficial do Estado em 31 de março. A medida busca diminuir o fluxo de pessoas nas dependências do Projeto.

O secretário de Gestão de Projetos e Metas e coordenador do Governo Cidadão, Fernando Mineiro, teve o cuidado de reposicionar toda a equipe diante do avanço da pandemia. Foi feita uma reorganização do funcionamento dos setores por meio do teletrabalho e de rodízios, promovendo a segurança de todos os colaboradores e mantendo o trabalho sem qualquer prejuízo à execução do acordo de empréstimo.

Para contribuir com informação e a conscientização dos envolvidos no Projeto e da população em geral, o Governo Cidadão tem produzido conteúdo para divulgar os cuidados necessários. Estão sendo produzidos vídeos, banners e cards para as plataformas digitais, além de cartilhas educativas e matérias que destacam a importância do isolamento social e de outras precauções recomendadas pelas autoridades sanitárias.

“Todas essas medidas, a partir de tratativas junto ao Banco Mundial ou das alternativas que estamos adotando no âmbito do Projeto, visam atender ao decreto da governadora Fátima Bezerra. Mais uma vez, numa ação integrada com todos os órgãos e secretarias do Governo”, disse Mineiro, pontuando que outras soluções estão sendo buscadas para que não haja prejuízos às associações, às empresas contratadas e aos profissionais envolvidos direta ou indiretamente nas execuções do Governo Cidadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias

Como não ser chato no WhatsApp

Grupos de WhatsApp se proliferam numa velocidade estonteante e, junto com eles, cresce o clamor pelo bom senso na comunicação via celular. Jornalista e criadora

Leia Mais