Governadora inaugura obras de saneamento básico em Goianinha e Tibau do Sul

rosalba inaugura

A governadora Rosalba Ciarlini inaugurou, nesta segunda-feira (17), obras de esgotamento sanitário nas cidades de Goianinha e Tibau do Sul, no litoral sul do Rio Grande do Norte. A chefe do Executivo estava acompanhada do diretor-presidente da CAERN, Yuri Tasso. Em Goianinha, a solenidade contou com a presença do vice-prefeito e secretário municipal de Educação, Rudemberg Lisboa, de diretores da CAERN e vereadores. “Essa é uma obra de grande significado para Goianinha, a Governadora foi visionária ao decidir concluir e ampliar o serviço que tanto beneficiará nossa população”, disse o Vice-prefeito de Goianinha.

O projeto executado no município inclui uma estação elevatória, 5,8 Km de emissário, uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) e 16 quilômetros de rede coletora. Juntos os equipamentos permitem a realização de 3.041 ligações domiciliares. Um aumento de 17% para 74% da cobertura de saneamento básico. Antes todo o esgoto era destinado para o rio sem nenhum tipo de tratamento.

Tibau do Sul

Em Tibau do Sul, a solenidade de inauguração foi acompanhada pelo prefeito, Valdenício Costa, do presidente do Sindágua, Alberto Moura, e de vereadores do município. A obra beneficiará nove mil pessoas, o que representa o atendimento de 92% da população urbana e praias. O sistema é composto por 2.270 ligações domiciliares. Foram assentados 20,6 quilômetros de tubos na rede coletora de esgotos e mais 11,5 quilômetros de emissários, tubos que levam os dejetos até a estação de tratamento. Concluída a construção do sistema, os beneficiados serão autorizados a providenciar as ligações de seus imóveis à rede.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Categorias

Porque o BBB tem que ser proibido

Intimidade e privacidade são bens indisponíveis. Isto é, não é dado a outras pessoas invadirem esse tipo de bem jurídico. É um direito individual, inalienável

Leia Mais