Governadora demonstra antecipação de prazo para obra do Estádio das Dunas

A governadora do RN, Rosalba Ciarlini, esteve na tarde desta sexta-feira(18) na sede do Comitê Organizador Local (COL) da Copa 2014, no Rio de Janeiro, para uma visita de cortesia ao vice-diretor executivo de Operações do COL, Ricardo Trade, e Fábio Starling, gerente geral de relacionamento com as Cidades-Sede do COL.

Os gestores do Comitê se mostraram satisfeitos com o empenho da governadora Rosalba Ciarlini que apresentou o cronograma de construção do Estádio das Dunas – Novo Machadão. O cronograma teve um ganho de mais de 10 dias com o anúncio da empresa OAS como vencedora da licitação para a obra do Estádio, no dia 11 de março. “Esperamos a aprovação, por parte da Assembleia Legislativa, da Lei que rege o colchão que garante a liquidez do Fundo Garantidor em relação ao empréstimo do BNDES para a obra. Com isso, apresentaremos a ordem de serviço ainda no início de abril, antecipando em 30 dias este prazo junto à FIFA”, disse a governadora.

Uma resposta

  1. -Meu Nobre e Brilhante Jornalista; Competente Blogueiro, Respeitado e Admiradíssimo pelos Webleitores do nosso Estado (RN) – Robson Pires (O Xerife do Seridó Potiguar),Favor Publicar este Comentário:
    -1,3 bilhão de reais de investimento para um futuro “elefante branco”. 1,3 bilhão de reais para satisfazer a vontade de meia-dúzia de empresários gananciosos. 1,3 bilhão de reais para realizar, no máximo, três jogos da Copa do Mundo. Um tapa na cara da sociedade norteriograndense. Um Estado pobre como o nosso, onde saúde, educação e segurança pública são renegados a segundo plano. Onde hospitais públicos mendigam esparadrapos, gases e outros materiais de primeira necessidade, para um funcionamento básico e de péssima qualidade. Onde professores, os que ainda restam, ganham salários miseráveis, estão mal preparados, desmotivados, desestimulados e ameaçados diariamente, em pleno exercício de suas funções. Onde escolas estão sucateadas, caindo, abandonadas. Onde a violência toma de conta das cidades, das estradas, do interior. Onde a polícia está totalmente desaparelhada, com policiais morrendo constantemente vítimas da falta de estrutura e da falta de investimento em serviços de inteligência capazes de dar aparato às investigações, o que os obriga a correrem atrás da bandidagem sem noção de onde começar. É essa a realidade de um Estado que vai desembolsar R$ 1.288.400,00 para construir um estádio que, muito provavelmente, abrigará apenas três jogos da Copa do Mundo. Numa cidade que já dispõe de dois estádios, Machadão e Frasqueirão. Num estado onde o futebol é um dos piores do país, com clubes semiamadores, miseráveis, sem nenhuma estrutura. Pergunta-se então: para que servirá um estádio de 1,3 bilhão de reais, depois da Copa? Quem o sustentará? Sim, porque a manutenção de um empreendimento dessa envergadura demandará muito dinheiro! E aí quem irá arcar com tamanhas despesas? A FENAT não tem dinheiro, sequer, para sustentar o Machadinho. O Machadão, dois anos atrás, consumiu mais de 17 milhões de reais em obras de recuperação, no entanto, continua se desmanchando. Talvez ele, Machadão, fosse a solução mais plausível, mais lógica para minimizar os custos desse “elefante”, que continuará “branco”, mas pelo menos já está “vivo”. Não sou contra a Copa em nossa capital, até porque isso não faz nenhuma diferença, mas como cidadão norteriograndese, que conhece as enormes dificuldades econômicas e sociais que vivemos, dificuldades estas, que diariamente são relatadas pela própria governadora, que desde que assumiu o governo não faz outra coisa a não ser reclamar da falta de recursos e dos cofres vazios em que encontrou o Estado, me sinto no direito de opinar e criticar tanta falta de bom senso de nossas autoridades, que insistem em enfrentar tamanho desatino. É o que penso!
    – Tenho Dito. Muito Obrigado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

outubro 2021
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias