Filhos de sabugienses não podem nascer em sua terra

É indigno quando uma cidade não consegue prover direitos aos seus cidadãos, como saúde e educação. No caso de São do Sabugi, o blog foi informado que as suas gestantes tem que realizar os partos em Caicó ou Currais Novos.

Se o recém-nascido tivesse que ser registrado como cidadão no lugar que veio ao mundo, São João do Sabugi teria uma drástica queda no seu índice populacional. Tudo isso, dizem, porque a maternidade local não tem condições para realizar os nascimentos.

2 respostas

  1. Caro Robsom, no momento isso é o de menos o pior que estamos vivenciando uma epidemia de dengue com um registro hemorágico (uma jovem casada de 19 anos veiu a óbito e deixou um bebê de 7 meses) E as autoridades da cidade inclusive o chefe da vigilância epidemiológica ate o momento não fez nada e a população pede um socorro.

  2. Robson, aqui em São João, estamos com um grande problema e ninguém toma providências, a DENGUE tomou conta de nossa cidade, eu fui vítima… Sei que não tem nada haver com a matéria, mais faz parte da Saúde Pública… então, achei por bem, fazer esta denúncia…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

julho 2022
DSTQQSS
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31 
Categorias