Festeiros da desgraça

Ao citar que o Brasil passou os EUA nas mortes por 100 mil habitantes, âncora de TV disse que o Brasil está no “topo do ranking macabro”. Outra fake news impune: há nove países com números piores.

Seis meses após o primeiro registro, muitos preferem se concentrar no total de casos de Covid-19 no Brasil, desprezando os recuperados e ignorando dados animadores. O número máximo de pessoas infectadas no Brasil, registrado em 8 de agosto, chegou a 818,5 mil, mas esse número foi se reduzindo até os atuais 690,6 mil, uma queda de 15,6%. Além disso, o número de curados superou o número de novos casos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Categorias