Fátima: “Infelizmente, a realidade do RN nos obrigou a trazer a CPI”

Por mais de seis horas seguidas de debate a realidade do Rio Grande do Norte, no que diz respeito à exploração sexual de crianças e adolescentes, foi trazida à tona na audiência pública da Comissão Parlamentar de Inquérito da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, da Câmara dos Deputados, realizada na tarde de ontem (04), na Assembleia Legislativa do RN. A proposição da audiência foi da deputada federal Fátima Bezerra (PT), membro permanente da CPI.

“Não gostaria que fosse necessária a presença da CPI aqui no RN. Mas, infelizmente, a realidade do nosso estado nos obriga a debater o assunto. Segundo estudos da Secretaria Nacional de Defesa dos Direitos Humanos, Natal está entre as cidades com maior número de casos de exploração sexual de crianças e adolescentes. Diante desse quadro a CPI cumpre o papel de mobilizar a sociedade e demandar os poderes públicos em busca de iniciativas e políticas no enfrentamento desse problema”, declarou Fátima Bezerra.

Presidida pela deputada federal Erika Kokay, a CPI Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes realizou no RN a sua primeira visita. “O Rio Grande do Norte é o primeiro estado que estamos nos reunindo. Depois iremos para Paraíba e Rio de Janeiro”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

dezembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
Categorias