Falta de incentivo do governo obriga empresas a deixarem RN

“Muitas empresas estão trocando o Rio Grande do Norte pelo Ceará por falta de incentivos fiscais”, desabafou o presidente da Federação dos Agricultores e Pecuária (FAERN), José Vieira, durante o debate promovido pela entidade com os candidatos a governo, nesta segunda-feira (23).

Responsáveis por 42% das exportações do Estado, os produtores rurais dizem que enquanto o governo do Ceará tenta atrair empresas, no Rio Grande do Norte, o agronegócio é tratado com descaso. “O Estado do Ceará tem visão empreendedora. Há incentivo e apoio”, se queixa Vieira. No documento entregue aos candidatos, a FAERN diz que outro fator que preocupa o setor produtivo é a elevada cobrança do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) sobre serviços essenciais para a produção. Além disso, o setor primário sente-se desestimulado pela infraestututra logística, considerada um dos principais entraves para o escoamento da produção agropecuária, reduzindo a competitividade dos produtos.

A candidata ao governo, Rosalba Ciarlini (DEM)  que foi convidada a participar da sabatina da FAERN considera que o apoio aos produtores rurais é uma questão de vontade política, considerando inadmissível que o RN esteja perdendo empresas por falta de incentivos fiscais. “Vou trocar imposto por emprego”, reafirmou Rosalba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias

Carrossel Rosalba nega

A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), negou ter recebido doação da Odebrecht, quando disputou o governo em 2010. Segundo Rosalba, ela nunca recebeu um

Leia Mais

A taxa de isolamento é de 40,6%

“Se mantém no nível de antes da retomada gradual das atividades econômicas, mas é preciso que as pessoas que circulam não promovam aglomerações. Estamos em

Leia Mais