Exposição conta história da Rádio Rural e sua contribuição para a educação e cultura do Seridó

fiz parte Exposição conta história da Rádio Rural e sua contribuição para a educação e cultura do Seridó

A educação, a cultura, a comunicação e a evangelização no Seridó contaram, no último meio século, com o protagonismo da Fundação Educacional Sant’Ana e das Rádios Rural. O veículo de comunicação nasceu no dia 01 de maio de 1963 e era inicialmente conhecido como Emissora de Educação Rural de Caicó. O intuito da Diocese de Caicó era de alfabetizar a população da região e contribuir com a educação do povo do Seridó.

Ao longo dos anos, a Rádio Rural também se tornou a maior divulgadora da cultura regional, tendo até hoje como alguns dos seus destaques o programa Violeiros do Seridó e o Forró Pela Rural. Por muitos anos, a emissora promoveu o concurso A Mais Bela Voz, que revelou talentos em todo o Seridó. Esses são alguns dos motivos que fazem a Rádio Rural receber frequentemente a visita de ouvintes e até turistas.

Para contar essa história, foi lançada na última quarta-feira, 9 de dezembro, a exposição permanente “Rádio Rural: comunicação, educação e cultura no Seridó”, com apoio do edital Economia Criativa do Sebrae-RN 2020. “A exposição ficará aberta para todos que visitarem a Rural. A ideia é, a partir dela, surgir um memorial para contar a história da rádio”, explica Cristiano Manoel, proponente da exposição e ganhador do edital do Sebrae.

Atualmente, o Sistema Rural de Comunicação é formado pela Rural 102,7 FM, 95,9 FM (de Caicó), Currais Novos 90,9 FM e Rural 1470 AM de Parelhas e segue contribuindo com o desenvolvimento humano e social do Seridó.

PS: Este blogueiro prazer de fazer parte dessa história durante 35 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias

O maior aumento desde Lula

Michel Temer promete cortar despesas com o funcionalismo, mas até agora ele só fez o contrário. Diz Vinicius Torres Freire: “A despesa com servidores cresceu

Leia Mais