Ex-ministro da Fazenda de Michel Temer e atual secretário de Fazenda e Planejamento de São Paulo, Henrique Meirelles trocou o MDB, partido pelo qual concorreu à Presidência da República em 2018, pelo PSD, sigla que ajudou a fundar em 2011. O retorno de Meirelles à legenda do Centrão foi formalizado nessa sexta-feira (12).

A chegada do ex-ministro foi comemorada pelo presidente nacional da sigla, o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab. Em suas redes sociais, Kassab destacou Meirelles como uma “referência técnica” e afirmou que a chegada dele ao partido é uma sinalização “de que o PSD está sempre disposto a ter bons quadros”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *