Ex- comandante do Batalhão do Exército de Caicó é nomeado diretor do Dnit

Contrariando todas as expectativas a presidente Dilma Rousseff nomeou para a diretoria-Geral do Dnit  Jorge Ernesto Pinto Fraxe. Fraxe foi  ex- comandante do 1º Batalhão de Engenharia e Construção do Exército de Caicó, entre 1998 e 2000.

Fraxe é considerado linha dura e tem um perfil técnico.Desta vez Dilma preferiu não entregar o cargo a nenhum político.

O Dnit foi um dos alvos principais de denúncias de um esquema de arrecadação de propinas, instalado no Ministério dos Transportes. Mais de 20 servidores deixaram seus cargos na pasta e em órgãos vinculados. Somente um dos sete diretores do Dnit permaneceu no órgão, Jony Marcos Lopes, responsável pela área de planejamento.

7 Responses

  1. Boa noticia para caicó eu acredito com a nomeação de jorge ernesto que por sinal é cidadão caicoense as obras com contorno deverão continuar.

  2. Esse Eugênio Gois é forte mesmo, só para completar a informação: Eugênio é que é o padrinho do filho do General e não o contrário! Parabéns ao General indicação merecida!

  3. Xerifão, você cita que o General Fraxe “foi ex-comandante do 1º BEC”, assim vosmecê tá matando o home. Pois quem foi ex está morto, é não? Lógico que o correto é que ele é ex-comandante, etc e tal.

  4. Pouco visto que o exercito tem corrupção braba na sua instituição, imagine agora um militar a frente de um órgão cívil. é robalheira..

  5. Parabéns à Presidenta Dilma pela escolha.
    Não conheço o General e muito menos privo de sua intimitade, mas com certeza deve ser um bom nome.

  6. O general Fraxe é um homem de bem. Honesto e competente, pode colocar nos eixos o DNIT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias

Agripino: empreendedorismo educação

Durante o lançamento do Índice de Universidades Empreendedoras (IUE), nesta quinta-feira (10), no Ministério da Educação (MEC), o presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN),

Leia Mais