Penso, logo existo...

Governadora e ministro da Justiça assinam Termo de Adesão ao programa ‘Crack, é possível vencer’

rosalba crack A governadora Rosalba Ciarlini e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, assinaram, na tarde desta terça-feira (7), o Termo de Adesão ao Programa Federal ‘Crack, é possível vencer’, que também inclui as cidades de Natal, Mossoró e Parnamirim. Na ocasião, também foi assinado o Termo de Cooperação Técnico para Capacitação da Polícia Comunitária e entregue a Carta do Rio Grande do Norte, que dá início aos trabalhos do Programa Brasil Mais Seguro no Estado e no município de Natal. O evento foi realizado no auditório da Escola de GoveRNo, localizada no Centro Administrativo. A parceria com o Governo Federal para a adesão ao programa que tem o objetivo de prevenir o uso, promover a atenção integral ao usuário de crack e enfrentar o tráfico de drogas, foi comemorada pela governadora Rosalba Ciarlini. “O ministro da Justiça entendeu a nossa necessidade e está aqui para nos apoiar neste trabalho que será associado à luta do RN Vida e do Proerd [Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência]. Além do trabalho preventivo, teremos esse apoio para o trabalho repressivo”, afirmou a governadora, acrescentando que a solicitação para a adesão ao programa foi reforçada pelo presidente da Câmara Federal, Henrique Alves. De acordo com a chefe do Executivo Estadual, os pontos que vão integrar a matriz de responsabilidade para outro programa federal, o ‘Brasil Mais Seguro’, também foram definidos com o ministro José Eduardo Cardozo, em reunião realizada nesta tarde. Segundo o ministro da Justiça o programa ‘Crack, é possível vencer’ une esforços dos ministérios da Justiça, da Saúde e do Desenvolvimento Social, além dos estados envolvidos. “A ideia é termos sempre uma ação muito dura com os grandes traficantes e promover um tratamento de qualidade para o usuário de drogas, que tem que ser tratado da melhor maneira possível. Em relação às organizações criminosas, teremos ações repressivas, conjuntas e integradas entre órgãos estaduais e federais”, explicou José Eduardo Cardozo, informando que os primeiros equipamentos serão entregues ao Estado no próximo mês de julho.

crack


Robson Pires

Brasileiro Radialista e Jornalista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *