Essa torou dentro, viu Garibaldi? Não entendi foi nada!!!

A substituição do fator previdenciário por uma alternativa melhor para os trabalhadores foi defendida pelo ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, durante reunião realizada na manhã desta quarta-feira (18) na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado Federal. O ministro propôs para o debate a fixação da idade mínima de 65 anos para quem ingressar agora no mercado de trabalho e a fórmula 85/95 para os atuais.

A fórmula 85/95 permite a aposentadoria integral quando a soma da idade com o tempo da contribuição previdenciária atinge 85 anos para as mulheres e 95 anos para os homens. Em 2009, depois de firmar um acordo com seis centrais sindicais, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou essa mesma proposta ao Congresso Nacional. O Senado rejeitou a proposta e aprovou a extinção do fator previdenciário. A Câmara acompanhou a decisão, que posteriormente foi vetada pelo presidente Lula.

Além da fórmula 85/95, o ministro Garibaldi Alves Filho sugeriu para debate no âmbito do Congresso a implantação de uma idade mínima progressiva. Hoje, um trabalhador pode se aposentar com qualquer idade, contanto que tenha um tempo de contribuição de 30 anos, no caso das mulheres, e 35, no caso dos homens. Contudo, devido ao fator, quanto menor é a idade do segurado, menor é o valor do benefício. Também existe a possibilidade de aposentadoria por idade: 60 anos para as mulheres e 65 para os homens.

De acordo com sugestão apresentada pelo ministro, seria estabelecida uma idade mínima um pouco acima da média atual de idade de aposentadoria. A cada dois anos, essa idade mínima de aposentadoria aumentaria um ano, até chegar aos 65 anos. Os trabalhadores já em atividade poderiam, por um determinado período, optar pelo modelo atual ou por essa nova proposta. O novo modelo possibilitaria a aposentadoria antecipada mediante um desconto fixo.

4 respostas

  1. Palhaçada. Todos esses políticos são farinha do mesmo saco. Esse burguês aí, não sabe o que é trabalhar em atividade de risco ou insalubre não. Não tem nem noção. Portanto, não tem competência para propor uma mudança dessa. Ele tem é apadrinhamento.

  2. a previdencia nunca deu prejuizo isso é história de trancoso, o problema é que os governos botaram para a previdencia pagar a conta do social do brasil, essa é a verdade quem paga a conta é o contribuinte, se é prá se aposentar é só dificuldades,se é prá receber esmola saúde é só dificuldade, o ex. presidente lula a tempos atrás disse isso em uma entrevista, tire o social das costas da previdÊncia e veja se ela dar prejuizo?

  3. Então o Senador(trabalhador e não faltoso, pai do ministro) ja estava devendo dinheiro a previdência. Pq se somar a sua idade a do tempo de trabalho, vai dar a idade de Matusalém. A não ser que que só conte dias em que realmente ele trabalhe.

  4. ESSE GARIBALDI É UM ARTISTA…ENROLA O POVO TODO E AINDA BATEM PALMA PRA ELE….ACHO É POUCO, QUERO MAIS QUE QUEM O ELEGEU QUE VÁ PRO QUINTO DOS INFERNO, OU MAIS DISTANTE…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2024
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias