Empresário potiguar participa do lançamento da campanha nacional “Somos Essenciais”

Juntamente com o deputado federal Laércio Oliveira (PP/SE) e do presidente da FEBRAC, Renato Fortuna Campos, o empresário potiguar Edmilson Pereira de Assis, presidente do grupo Interfort Segurança, participou nesta terça-feira, 20, do lançamento nacional da campanha publicitária “Somos Essenciais”, voltada para dar maior visibilidade aos 1,8 milhão de trabalhadores que, através de empresas especializadas, atuam no segmento de limpeza e conservação, setor que emprega no país 1,8 milhão de profissionais, muitos deles com atuação na linha de frente ao longo da pandemia da Covid-19. No Brasil há mais de 42 mil empresas no setor de terceirização de mão de obra.

segira Empresário potiguar participa do lançamento da campanha nacional “Somos Essenciais”

A campanha será veiculada a nível nacional, inclusive no Rio Grande do Norte. Segundo revela Edmilson Pereira, que também é diretor financeiro da FEBRAC, as empresas do setor fornecem mão de obra treinada e reúnem profissionais como enfermeiros, maqueiros, motoristas de ambulância, pessoal de limpeza, porteiros, recepcionistas, vigias, entre outros, num total de 27 segmentos.

“A exemplo do pessoal das áreas da saúde, da segurança pública, dos transportes e dos segmentos fundamentais do comércio, como supermercados e farmácias, que continuaram trabalhando para que nada faltasse à sociedade, os serviços especializados também são essenciais para o Brasil”, assinala.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias

Roberto Germano perdeu

O ex-prefeito de Caicó Roberto Germano (PMDB), que saiu do pleito de 2016 derrotado nas urnas perdeu totalmente o comando do grupo político que se

Leia Mais

Cotas para ladrões

O TSE cassou 25 minutos de propaganda partidária do PT e 20 minutos do PMDB. Não porque financiaram suas campanhas com dinheiro roubado, e sim

Leia Mais