Empresa doou a Dilma após ajuda de estatal, diz revista

grupo_petropolisApós ter aceitos seus pedidos para mudar garantias em dois empréstimos tomados junto ao BNB (Banco do Nordeste) ­ o que ocasionou economia de recursos­, o Grupo Petrópolis, da cerveja Itaipava, doou R$ 17,5 milhões à campanha presidencial de Dilma Rousseff (PT), segundo edição da revista “Época” publicada neste sábado (24).

Os recursos passados pelo banco estatal à cervejaria somam R$ 830 milhões e foram depositados no início de 2013 e em abril do ano passado. A garantia apresentada pela companhia, em ambos os casos, foi carta fiança ­ modalidade na qual outro banco garante cobrir a dívida em caso de calote, aumentando a segurança para o credor.

Segundo a publicação, o presidente do Grupo Petrópolis, Walter Faria, ficou insatisfeito com o negócio porque considerou que a modalidade onerava a empresa mais do que o necessário. Ele seria próximo a petistas como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o tesoureiro do partido, João Vaccari Neto, de acordo com a “Época”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
Categorias

Pesquisas confusas

Pesquisa Fox News, quem diria, aponta o presidente democrata Joe Biden como o preferido dos eleitores dos EUA contra Donald Trump, em 2024: 49% a

Leia Mais