Em Natal, Seturn completa um mês sem cumprir ordem judicial

Há mais de um mês a Justiça concedeu uma vitória histórica para os estudantes potiguares. Mas, apesar da determinação judicial, a força do Sindicato dos Transportes Urbanos de Natal (Seturn) tem se mostrado superior até mesmo ao posicionamento do poder judiciário. E ainda tem contado com o “apoio” do prefeito Carlos Eduardo Alves, que se mantém em silêncio sobre o claro descumprimento de uma ordem judicial no sistema público de transporte natalense, que é uma responsabilidade da Prefeitura.

Desde abril os estudantes estão autorizados pela Justiça a pagar meia entrada nos ônibus de Natal em dinheiro. Para isso, basta a apresentação de uma identidade estudantil concedida por uma entidade autorizada. Porém, desde então, o Seturn só desafiou o velho clichê que diz: “Decisão judicial não se discute, se cumpre”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Fábio Faria fora do radar

O deputado federal Fábio Faria foi o entrevistado hoje (09), segunda-feira, no programa Pânico, na Rádio Jovem Pan. Indagado se seria um possível candidato a

Leia Mais

Casos de sífilis aumentam no Brasil

O Brasil enfrenta uma epidemia de sífilis, Doença Sexualmente Transmissível (DST) causada pela bactéria Treponema pallidum. O Ministério de Saúde admite a epidemia. A sífilis

Leia Mais

É o tampa da Coca-Cola!

Até agora não apareceu nenhum partido oferecendo a legenda ao pré-candidato a senador, Capitão Styvenson Valentim. Também não é da conta de ninguém. Ele disse

Leia Mais

Defesa da Indústria salineira

Proposta pela vereadora Sandra Rosado, a Câmara Municipal realiza, hoje, audiência pública sobre a indústria salineira. Sandra considera essa audiência a continuidade do trabalho iniciado

Leia Mais