Eike e a dificuldade para redigir os anexos da delação premiada

arquivo-eike-20080221-0003

Eike Batista adiará as tratativas para uma delação premiada até o julgamento de seu habeas corpus em Brasília, ou, mais importante, enquanto aguentar ficar preso. Mas, de uma forma ou de outra, trata-se de uma questão de tempo.

E antes mesmo de dar início às conversas, a defesa já enxerga uma dificuldade prática para elaborar os chamados anexos – espécie de cartão de visitas onde o sujeito adianta o que sabe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

março 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias

Os últimos meses de Temer

Muitas cabeças rolaram para que fosse paga a conta dos votos que evitaram a decapitação de Michel Temer, a abertura do processo que o afastaria

Leia Mais

Dilma fez lifting e colocou botox

A presidente Dilma Rousseff foi uma das personalidades políticas citadas na reportagem da revista americana “Vanity Fair” que fizeram intervenções estéticas nos últimos anos para

Leia Mais