É roubo em cima de roubo

pode chegar aqui É roubo em cima de roubo

Mensagens apreendidas em celulares de acusados de participar de desvios na Saúde de Santa Catarina embasam uma decisão judicial que abriu a possibilidade de o governador Carlos Moisés ser investigado pelo STJ.

O esquema foi descoberto pela Operação O2, que apura supostas fraudes num contrato de R$ 33 milhões para a compra de respiradores importados. Só 50 aparelhos chegaram aos hospitais catarinenses.

Um tal de Consórcio Nordeste (foto) não recebeu nenhum respirador e ficou por isso mesmo até então. A governadora do RN Fátima Bezerra “dançou” com R$ 5 milhões.

2 respostas

  1. Quem está dançando somos nós, os pobres desafortunados desse estado falido e pessimamente gerido. Como se já não tivesse bastado a gestão infeliz da Rosa de Hiroshima e do implantado de cabelos, ganhamos essa visionária ao avesso.

  2. Tudo pela corrupção,esses políticos ñ tem menor respeito pelas VIDAS que debruça sobre covid-19 para subtrair da população vantagens financeiras mais absurdas que vimos no decorrer dessa calamidade pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias