É Brasil…

8c095802-27a6-47da-b037-ff51eb0affccEntre as eleições de 2014 e 2016, mais de 15,6 mil fraudes em títulos de eleitor foram identificadas pela Justiça Eleitoral no País. A ação foi realizada por meio do cruzamento de informações biométricas, ou seja pelo registro das digitais.

A ação ilegal foi cometida por eleitores que foram a diferentes cartórios, se passaram por outras pessoas, e conseguiram emitir mais de um título. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o estado com o maior número de fraudes foi Alagoas, onde 2.188 títulos de eleitor foram considerados irregulares. Em seguida vieram São Paulo (1.733) e Goiás (1.503).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

fevereiro 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  
Categorias

Quanto mas caro, melhor!

Não é por falta de recursos que o Brasil deixará de eleger os melhores políticos que o dinheiro pode comprar. E, caro leitor, deixe de

Leia Mais

Africano!

O bispo da Diocese de Caicó Dom Antonio Carlos Cruz vai participar de uma missão na África. Sua primeira viagem a um país Africano.

Leia Mais