Docentes universitários protestam nesta segunda-feira contra proposta do governo

Docentes de universidades e institutos federais protestam, na tarde desta segunda-feira (27/5), em frente ao bloco C do Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI), contra proposta de acordo de reajuste salarial do governo Lula. O governo agendou para a tarde desta segunda reunião para assinatura do acordo com entidades representativas dos professores.

A oferta foi apresentada no último dia 15 de maio, com reajuste salarial zero em 2024 e índices de correção que variam de 13,3% a 31% entre 2025 e 2026.

Em cartazes e camisetas customizadas, os docentes do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN) criticam a postura da Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico (Proifes), que é favorável a renegociação proposta pelo governo Lula.

Não representa docentes

“Proifes não representa docentes federais”, diz um dos cartazes.

Por meio do MGI, o governo agendou para a tarde desta segunda-feira reunião para assinatura do acordo com docentes de universidades e institutos federais.

A oferta foi apresentada no último dia 15 de maio, com reajuste salarial zero em 2024 e índices de correção que variam de 13,3% a 31% entre 2025 e 2026.

O governo Lula (PT) agendou para a tarde desta segunda-feira (27/5) reunião para assinatura do acordo com docentes de universidades e institutos federais. A oferta do governo foi apresentada no último dia 15, com reajuste salarial zero em 2024 e índices de correção que variam de 13,3% a 31% entre 2025 e 2026.

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias