Do velho e experiente Fidel Castro: Não confio nos EUA

fidelO ex-presidente cubano Fidel Castro afirmou na noite desta segunda-feira que não confia nos Estados Unidos, mas não rechaçou a retomada das relações anunciada por seu irmão e sucessor Raúl Castro e pelo presidente Barack Obama, quebrando o silêncio sobre o histórico degelo entre os dois países. O líder cubano, no entanto, sinalizou que não teve nenhum diálogo com Washington.

“Não confio na política dos Estados Unidos, nem troquei uma palavra com eles, sem que isso não signifique uma rejeição a uma solução pacífica dos conflitos”, disse Fidel em carta dirigida à Federação Estudantil Universitária e lida na TV cubana.

O líder da revolução cubana, de 88 anos, não criticou o acordo anunciado pelo irmão Raul e por Obama, no dia 17 de dezembro, em que ambos países reestabeleceram suas relações, após meio século de rompimento.

“O presidente de Cuba tem dado passos pertinentes de acordo com suas prerrogativas e com as faculdades que a Assembleia Nacional e o Partido Comunista de Cuba concebem a ele. Defenderemos sempre a cooperação e a amizade com todos os povos do mundo e, entre eles, e os dos nossos adversários políticos. Isto é o que estamos pedindo a todos”, completou Fidel.

O silêncio de Fidel Castro sobre o acordo firmado entre Cuba e EUA havia aumentados os boatos sobre a sua morte e estado de saúde no começo do mês, até que o ex-jogador argentino Diogo Maradona, anunciou há duas semanas ter recebido uma carta do ex-presidente. (O Globo)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Categorias