Dívida pública fecha 2017 em R$ 3,559 trilhões

A Dívida Pública Federal – que inclui o endividamento interno e externo do Brasil – fechou 2017 em R$ 3,559 trilhões, informou em Brasília a Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Fazenda. O valor representou aumento de 14,33% em relação a 2016, quando a dívida era de R$ 3,113 trilhões.

Dessa forma, é cumprido o Plano Anual de Financiamento (PAF) 2017, que estabelece que a dívida pública poderia fechar o ano passado entre R$ 3,45 trilhões e R$ 3,65 trilhões.

O valor representou um aumento de 1,89% em relação a novembro, quando a dívida era de R$ 3,493 trilhões. Esse crescimento da dívida ocorreu por causa da apropriação positiva de juros, no valor de R$ 29,89 bilhões, e pela emissão líquida de R$ 36,22 bilhões.

2 respostas

  1. O pt recebeu uma dívida no governo do pais de 800 bi, e entregou com 3,5 tri, isso foi coisa dessa gangue de bandidos que assumiu o poder central do país.

  2. Comentário de idiota. A dívida de qualquer país do mundo, deve ser avaliada em relação ao Produto Interno Bruto do País – PIB. Com Dilma, a dívida interna + externa representava 55% do PIB. Para um país com a economia do Brasil, o FMI e Banco Mundial, recomenda até 65% de débito em relação ao PIB. No Governo Temer, a relação é de 73%. Em ralação o Governo Dilma, a divida interna e externa do Governo Temer sofreu um aumento de 32,37%. Recomento a seu “chaga disse” que vá pesquisar e estudar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

Categorias