Disparo de WhatsApp na eleição pode ser punido por nova lei de proteção de dados

recuperar whatsapp de golpes Disparo de WhatsApp na eleição pode ser punido por nova lei de proteção de dadosCandidatos que dispararem Whatsapp e SMS sem autorização explícita dos usuários nas eleições estão sujeitos à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), em vigor desde setembro deste ano.

A LGPD define uma série de normas para a utilização de dados pessoais – aqueles que podem identificar alguém, como nome, CPF e número de telefone, entre outros.

Uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do final de 2019 definiu diretrizes sobre propaganda eleitoral pela internet e indicou que os princípios da LGPD devem ser respeitados a partir desta eleição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Categorias

Apoio para os municípios

O governo anunciou, ontem, um programa de financiamento e apoio a obras e concessões em estados e municípios. O programa disponibilizará R$ 11,7 bilhões em

Leia Mais

Robinson não quer papo!

Os docentes da UERN estão com suas atividades paralisadas desde segunda, 13, juntamente com servidores da saúde. Eles estão na governadoria acampados querendo ‘uma palavrinha’

Leia Mais