Dilma mandou matar o ‘cachorro’

DILMA45 BSB DILMA - NACIONAL A ex-ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, candidata pelo PT à Presidência da República, caminha na Península dos Ministros, no Lago Sul, em Brasília, acompanhada de seu cão Nego, da raça labrador, na manhã deste sábado de Aleluia. BRASILIA, 03.04.2010 FOTO: SERGIO DUTTI/AE

O clima dos funcionários do Palácio Alvorada é de consternação e revolta, com a morte de “Nego” com cinco injeções.

Afeiçoados ao dócil labrador, funcionários do Alvorada afirmam que “Nego” tinha condições de sobrevida digna, até sua morte natural.

Esperava-se no Alvorada que Dilma levasse “Nego” com ela para Porto Alegre, mas isso teria sido desaconselhado pelo veterinário.

Ao ordenar o “sacrifício” de “Nego”, Dilma só fez piorar a sua imagem já muito negativa junto aos funcionários do Alvorada.

Cláudio Humberto

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

setembro 2021
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930 
Categorias