Dilma e Aécio transformam debate em troca-troca de “podres”

debate sbt

Corrupção, nomeação de parentes, mentira, desrespeito, desinformação, falta de transparência, suspeitas, investigações… Sem trégua em nenhum dos blocos, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) centraram fogo no adversário usando esses temas como armas em suas perguntas e respostas no debate promovido por UOL, SBT e Jovem Pan nesta quinta-feira (16). O tiroteio deixou em segundo plano a discussão sobre temas de programas do governo das candidaturas do PT e do PSDB à Presidência da República.

No primeiro bloco, as denúncias de corrupção e de nepotismo nas gestões dos presidenciáveis deram a tônica. Aécio questionou Dilma sobre a nova denúncia divulgada sobre a Petrobras — o TCU (Tribunal de Contas da União) vai apurar supostas fraudes em obras do Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro), que incluem construções que estavam sendo geridas pelo ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa.

Na resposta, Dilma acusou os tucanos de “engavetarem os escândalos” e “escondê-los debaixo do tapete”. “Ao contrário do passado, a Polícia Federal não era dirigida por filiados do PSDB. A PF investigou e vai punir implacavelmente”, disse. “Onde estão os corruptos da compra de votos da reeleição? Todos soltos. Onde estão os corruptos do metrô de SP e dos trens? Todos soltos. (…) Da ‘privataria tucana’?, todos soltos”, respondeu Dilma. Aécio, na réplica, lembrou de petistas que foram presos.

Os dois candidatos também fizeram acusações mútuas de nepotismo: Dilma acusou Aécio de ter empregado a sua irmã Andrea Neves quando era governador de Minas Gerais (2003-2010), e Aécio disse que o irmão de Dilma, Igor Rousseff, foi empregado na prefeitura de Fernando Pimentel (PT-MG) sem trabalhar. “A diferença é que minha irmã trabalhou muito e não recebeu, enquanto seu irmão recebeu e não trabalhou”, disse ele.

Aécio acusou Dilma de “gostar de falar de parentes”, recordando o que classificou de “episódio triste”: o momento em que Fernando Collor, na campanha eleitoral de 1989, explorou questões pessoais do então candidato petista Luiz Inácio Lula da Silva.

Uma resposta

  1. Aécio deu verdadeira aula de gestão , bateu na mentira de 12 anos, a criANÇA rebelde da dilma apanhou uma hora sem perdão, mastigou água, engoliu no seco,sofreu todo tipo de castigo , pagou pelos escândalos do PT, foi triturada, pagou seus pecados no fogo da verdade , foi desmacarada. O sangue e o suor dos nossos antepassados que estavam na petrobras foram roubado pela facção e quadrilhas que assalta o pais nestes 12 anos, mais penitenciárias serão feitas em janeiro de 2015 para os bandidos do desgoverno do PT, Aécio mostrou o que a imprensa comprada não pode revelar, nocaute total na seita petista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

É o sombra?

Peemedebistas estão incrédulos com a versão de que o deputado José Priante recebeu telefonema de Temer pedindo para que retirasse a candidatura a vice na

Leia Mais

Morreu em Natal Marta Tôrres

Conforme este Blog antecipou era muito grave o estado de saúde de Marta Araújo.   Ela faleceu nesta quinta feira, dia primeiro de maio, pela manhã, na

Leia Mais

“Pânico” acerta com a Band

A notícia estourou na manhã de hoje. Durante toda a madrugada, representantes do programa “Pânico” se reuniram com diretores da Bandeirantes e acabaram fechando contrato.

Leia Mais