Depois de dias de tensão, jogadores brasileiros conseguem deixar Kiev

Jogadores brasileiros que desde o início da invasão russa na Ucrânia tentavam deixar o país anunciaram neste sábado, 26, terem conseguido sair da capital Kiev em um trem.

Junto com familiares e outros brasileiros, os atletas do Shakhtar Donetsk e do Dínamo de Kiev deixaram um bunker em que estavam abrigados em um hotel e seguiram para Chernivtsi, no Oeste da Ucrânia. De lá, seguirão para a Romênia.

“Estamos saindo em comboio com todos os brasileiros até a estação. É tudo muito assustador”, disse Maria, esposa do zagueiro Marlon, do Shakhtar.

Chorando, ela disse que a viagem foi dramática. Os atletas colocaram bandeiras do Brasil na frente dos carros para não serem confundidos com invasores. A viagem deve levar de 11 a 12 horas até a fronteira com a Romênia.

A solução do trem foi proposta pelo Itamaraty, que colocou uma estação em Kiev como ponto de partida e sem a necessidade de comprar bilhetes.

Em um primeiro momento, os brasileiros não aceitaram a opção alegando falta de segurança. Mas diante do agravamento da situação no próprio hotel, resolveram deixar o local.

O jogador de futsal Matheus Ramires, mais um companheiro de time e um estudante ficaram para trás. Matheus, que se juntou aos atletas do Shakhtar e do Dínamo porque entendia que assim teria mais condições de fuga, contou para a GloboNews que foi tomar banho, após 38 horas no bunker, e nesse tempo os brasileiros saíram do hotel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

setembro 2022
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Nenhum ministro contestou totalmente

Embora o TSE tenha absolvido o presidente Michel Temer, nenhum ministro contestou totalmente a existência de irregularidades nos financiamentos de campanhas e na relação das

Leia Mais