Demissão gera protestos em Jandaíra

Galhos foram queimados durante protesto
Galhos foram queimados durante protesto

A Tribuna do Norte destaca ainda que uma possível demissão de funcionários terceirizados no município de Jandaíra provocou protesto ontem a tarde no quilômetro 70 da BR-406, que fecharam a rodovia. Os manifestantes cobravam a permanência nos cargos, após a confirmação de que deixariam os postos, devido ao cumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado pela Prefeitura Municipal e o Ministério Público.

O Ministério Público, através de nota, explicou vem realizando reuniões com prefeitos com o objetivo de resolver uma situação de ilegalidade, que é a suposta contratação sem concurso público de advogados para exercer a função de procurador municipal.

Segundo o MP, na reunião com o prefeito de Jandaíra, Beto Roque, e um assessor jurídico da Prefeitura, o Município concordou em assinar o TAC, em que se comprometeu a realizar concurso público, até o final desse ano, para convocar procuradores municipais.

Na ocasião, ainda de acordo com o MP, Roque teria confirmado a intenção de realizar um concurso público geral, incluindo outros cargos do Município, mas esses cargos não teriam feito parte do ajuste firmado entre o Ministério Público e o prefeito, o que implica na demissão dos ocupantes de cargos irregulares. O protesto impediu o tráfego na BR-406 durante pouco mais de uma hora, mas foi liberado aproximadamente às 16h, de acordo com a PRF.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

Categorias