Decisão judicial garante repasse ao Ministério Público

dinheiro 3Na tarde de hoje (01), a desembargadora Zeneide Bezerra deferiu medida liminar nos autos nº 2013.012.516-8, determinando que o Governo do Estado repasse o duodécimo integral a que faz jus o Ministério Público, de acordo com o orçamento vigente.

Entendendo que “a retenção indevida desses recursos viola o princípio democrático da descentralização do poder político e da independência funcional do Ministério Público”; a desembargadora afirmou na Decisão que “a demora no provimento poderá ocasionar graves consequências ao bom funcionamento da instituição impetrante, tendo em vista que tal ausência obsta o cumprimento de suas obrigações e atividades mais elementares. A

Ação do MPRN foi ajuizada em razão da publicação, por parte do Governo do Estado, do Decreto nº 23.624/2013, que previa um corte linear da execução orçamentária dos Poderes e Órgãos com autonomia orçamentária e financeira na ordem de 10,7% do orçamento global de cada um.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Categorias

Corra Iberê! Corra…

Faltam poucos dias (graças a Deus!) para a governadora Wilma Disse Que Faria, PSB, deixar o governo do Rio Grande do Norte. Assumirá o seu

Leia Mais

É propina!

A batida de hoje da PF foi autorizada por Edson Fachin e Dias Toffoli. “Ainda não há detalhes sobre os alvos da operação, mas a

Leia Mais