Decisão Favorável ao MP garante funcionamento de hospital em Currais Novos

Acatando pedido da Ação Cível ajuizada pelo MP/RN, o Juízo de Direito da Vara Cível de Currais Novos determinou, em decisão interlocutória, o bloqueio de 176 mil reais da conta do Governo do Estado, para que seja imediatamente regularizado o funcionamento dos serviços de atendimento de urgência e emergência, bem como a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Currais Novos.

O estabelecimento físico do HRCN abriga o Hospital Regional Dr. Mariano Coelho, a Maternidade Ananília Regina, além da Fundação Pe. João Maria, formando um Complexo de Saúde de Referência da Região do Seridó, com UTI’s, UTI’s Neonatal, clínicas, além dos atendimentos de emergência.

Conforme apurado pela Promotoria de Justiça de Caicó, a  crítica situação em que se encontra o Hospital Regional de Currais novos se dá devido a ausência de profissionais médicos e a constante falta de insumos e medicamentos para abastecimento do Hospital.

O Valor de 176 mil reais é referente ao não cumprimento  termo de cooperação assinado pelo Município de Caicó e pelo Governo do Estado que determinava, dentre outras medidas, o repasse pelo Governo do Estado do Valor de 88 mil reais durante os meses de maio, junho e julho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

janeiro 2022
DSTQQSS
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031 
Categorias

O que a Odebrecht ganhou com propinas

O que a Odebrecht ganhava ao direcionar milhões ao mundo político brasileiro? Segundo executivos da empresa, em vídeos das delações, a corrupção rendeu benefícios importantes

Leia Mais