Decisão do TRE-RN que torna Robinson Faria inelegível não atinge Tião Couto

Embora também seja réu na Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), o ex-candidato a vice na chapa de Robinson Faria (PSD), o empresário Tião Couto (PR), não foi condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) à perda dos direitos políticos e, portanto, não foi punido com a inelegibilidade de oitos anos, como ocorreu com o ex-governador do Estado, após ser condenado por abuso de poder econômico e político nas eleições de 2018.

O julgamento começou no dia 29 de janeiro com voto do relator Ibanez Monteiro que acatou parcialmente a denúncia, mas foi interrompido por pedido de vistas do juiz Fernando Jales que no dia 4 de fevereiro votou pela total improcedência da ação a denúncia recebendo endosso do juízes Adriana Magalhães e Carlos Wagner. Já Erika Paiva e Geraldo Mota acompanharam o relator.

FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2021
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Categorias

Vergonha!

A “Casa da Cultura de Caicó” foi a ‘vergonha’ da Festa de Santana. Escandalizou a todos com suas exposições. Desde o quadro de Lula livre

Leia Mais