Débil mental

Nicolás Maduro, ditador da Venezuela e débil mental, afirmou que o novo coronavírus pode ser uma “arma de guerra biológica” criada contra a China, um dos seus principais aliados.

“É preciso elevar a voz, chamar a atenção e soar o alarme. Alerta! Que o coronavírus não seja uma arma de guerra que está sendo usada contra a China e contra os povos do mundo em geral”, declarou o ditador, segundo o jornal espanhol El Mundo.

Maduro ainda comparou o novo coronavírus às doenças trazidas pelos “imperialistas espanhóis” e afirmou que seu país “já tem um plano” para enfrentar a enfermidade.

El Mundo lembra que a Venezuela, graças à ditadura chavista, tem “o pior sistema de saúde do continente” e, em um único ano, registrou metade de todos os casos de malária na América do Sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias