Curso de Medicina de Caicó terá vagas ampliadas em 2024 e 2025

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd/UFRN), juntamente com o Colegiado e o Conselho da Escola Multicampi de Ciências Médicas do Rio Grande do Norte (EMCM/UFRN), aprovou o Plano de Expansão de Vagas do curso de Medicina do campus Caicó. Está confirmada a ampliação de 10 vagas para o ano de 2024.

É esperado que sejam implementadas 30 vagas para 2025, a depender do Ministério da Educação (MEC) e de pactuações com os serviços de saúde da região. O incremento se dará com o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), no qual os candidatos poderão concorrer utilizando a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Criado em 2014, no âmbito do programa Mais Médicos para o Brasil, o curso de Medicina da Multicampi opera com atividades desenvolvidas tanto na sede quanto nos municípios de Currais Novos, Santa Cruz, Macaíba e Natal. Anualmente, tem entrada de 40 estudantes em uma turma única.

Desde a criação do curso de Medicina na unidade acadêmica, já era esperada uma ampliação para a oferta de 80 vagas anuais. De acordo com George Dantas, diretor da EMCM, foi recebida, neste ano de 2023, a sinalização por parte do MEC acerca da importância de retomar o Plano de Expansão de Vagas.

Elda Melo, pró-reitora de Graduação da UFRN, explica como a gestão atua nesse processo de expansão de vagas. “Buscamos assessorar os cursos a pensar e dimensionar suas potencialidades e fragilidades, a como tornar-se flexível, interdisciplinar, inovador, inclusivo em consonância com as demandas legais, sociais e do mundo do trabalho”, aponta.

Ainda de acordo com Elda, essa mediação contribui para que os cursos enxerguem como podem ampliar e qualificar sua formação, como no caso do curso de Medicina da Multicampi.

Para George Dantas, é importante destacar as parcerias que contribuem com o funcionamento das atividades da Instituição, como o papel dos serviços de saúde, as gestões municipais e estadual, os hospitais universitários da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), além do curso de Medicina do Campus Central. “Essas pactuações deverão ser retomadas, a partir de 2024, de forma a tornar possível a execução plena do nosso plano de expansão, com oferta futura de 80 vagas anuais no curso de Medicina”, reforça o diretor da Escola Multicampi.

Trazer novas vagas para o curso de Medicina da Escola Multicampi propicia ganhos inestimáveis para o RN e para toda a região, é o que diz Elda Melo. “Para o interior do estado, a relevância dessas vagas adquire grande magnitude, uma vez que objetiva sobre a responsabilidade social de levar os médicos às comunidades mais carentes e distantes das zonas urbanas. O curso de Medicina da unidade acadêmica está voltado às necessidades locais e regionais, buscando formar um profissional alinhado com as demandas contemporâneas do mundo do trabalho”, afirma a pró-reitora da Prograd.

Curso de Medicina conceito máximo pelo Inep

Recentemente, o curso de Medicina da Escola Multicampi foi reconhecido com conceito máximo pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Como parte desse reconhecimento, destaca-se algumas iniciativas, como os programas de Residência Médica (Cirurgia Geral, Clínica Médica e Medicina de Família e Comunidade), os programas de Residência Multiprofissional (Atenção Básica e Saúde Materno-Infantil), além do programa de Mestrado Profissional em Educação, Trabalho e Inovação em Medicina.

Uma resposta

  1. Todo cuidado é pouco: no Brasil, morrem cerca de 6 pessoas, por hora, por causa de erro médico. 55 mil por ano. Uma chacina em grande escala.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Categorias