Cunha é alvo de buscas em investigação sobre propina no DF

cunha Cunha é alvo de buscas em investigação sobre propina no DF

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) começou a cumprir, nesta quarta-feira (3), mandados de busca e apreensão contra esquema de propina para baixar impostos em combustíveis da aviação na capital federal. Entre os alvos estão o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha e o ex-vice-governador do DF Tadeu Filippelli. G1 tenta contato com defesa dos investigados.

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MPDFT, com apoio da Polícia Civil, cumpre 20 mandados de busca e apreensão em:

São Paulo
Rio de Janeiro
Distrito Federal
Espírito Santo
Goiás

De acordo com a investigação, os crimes ocorreram entre 2012 e 2014. Filippelli e Eduardo Cunha, à época deputado federal pelo Rio de Janeiro, teriam recebido propina para alterar uma lei distrital e reduzir a alíquota de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do querosene da aviação.

Os investigados alteraram uma lei distrital de 1996 para reduzir o imposto de 25% para 12%. Há indícios de pagamento de propina pelas empresas Gol e Latam. Segundo a investigação, o ex-vice-governador teria usado o valor adquirido no esquema para comprar imóveis comerciais em Taguatinga.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

fevereiro 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  
Categorias

Agora é tarde

Sem citar o nome de Flávio Dino, Jair Bolsonaro ironizou nesta terça-feira a proposta de um “pacto pelo emprego” sugerida pelo governador do Maranhão. “Tem

Leia Mais