Cortar gastos e aumentar impostos. É foda!

DINHEIROO governo federal poderá cortar gastos e aumentar impostos, se for preciso, para conseguir cumprir a meta de déficit primário de R$ 139 bilhões para este ano. A afirmação é do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, em entrevista coletiva, após participar de reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, nesta terça-feira, em Brasília.

O déficit primário é o resultado negativo das contas do governo sem considerar os gastos com juros da dívida pública.

“Nosso compromisso é cumprir a meta de 2017 e faremos o que for necessário, seja contingenciar despesas e, no limite, aumentar impostos”, disse. Meirelles descartou a possibilidade de alterar a meta deste ano. “Mantemos a meta e o compromisso com o resultado primário de 2017”, enfatizou.

De acordo com o ministro da Fazenda, se a tendência de anos anteriores fosse mantida, o déficit primário chegaria a R$ 280 bilhões em 2017.

Meirelles disse ainda que a queda da economia no ano passado gerou impacto na arrecadação de tributos e, mesmo assim, o governo conseguiu entregar resultado melhor do que o previsto.

Em 2016, apesar da ajuda do programa de regularização de recursos no exterior, a chamada repatriação, o governo acusou o pior déficit primário da história, de R$ 154,255 bilhões. O resultado ficou abaixo da meta para o ano que era de R$ 170,5 bilhões.

2 respostas

  1. Se essa política desse governo desqualificado continuar, vai haver muito suicídio nesse país. Alto índice de desemprego e o homem só fala em sacrificar o povo já sofrido. A violência cresce desordenadamente sem controle e nenhuma ação para o combate, a estatística já mostra que vivemos uma guerra que mata 600 mil pessoas por ano. Onde vamos parar??? O povo quer trabalhar e não tem emprego, não se sente seguro, em toda esquina pode se deparar com um assalto e morrer, os bancos sendo destruídos pela bandidagem, levam o nosso dinheiro e temos que pagar a conta ao poder público. Agora vem o aumento dos impostos para segurar o padrão de vida que eles levam, o povo já não tem quase vida, imaginem padrão! Uma reforma trabalhista e previdenciária para dizimar a metade dos que ainda respiram. Tenho pena do daqueles que estão criança e adolescentes. É esse o Brasil do Temer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

fevereiro 2021
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  
Categorias

Lula livra a cara de Aécio

Em depoimento à Polícia Federal, o ex-presidente Lula (PT) afirmou que o ex-senador Aécio Neves (PSDB) não teve nenhuma indicação nos seus governos, ficando isento

Leia Mais